top of page

Case de parceria entre Durasein e Patternine

Somos movidos por boas histórias, e a parceria entre Durasein e Patternine é uma delas! Recentemente, a revista Sixtysix publicou um texto sobre como essa jornada começou. Achamos que valia a pena trazer para o blog Durasein. Abaixo, você confere a tradução completa do material.


Boa leitura!


Case de parceria entre Durasein e Patternine


Ao norte de Seattle, a Ilha Whidbey é um daqueles lugares onde a vida marinha e a vida humana se fundem um pouco mais do que na maioria dos lugares. Em seu estúdio costeiro, o designer Craig Woehrle coleta observações da praia - madeira à deriva desgastada pelo mar e revestida de espirais suavizadas, aglomerados de algas e moluscos, padrões desgastados pelas ondas nas rochas e na areia. Seu caderno está cheio de esboços do Mar Salish, mas em vez de desenhos realistas, Craig desenha parâmetros dentro de sistemas matemáticos que traduzem o mar em padrões - uma habilidade que ele aprendeu em Harvard e aperfeiçoou em sua carreira.


O interesse de Craig por padrões começou enquanto ele estava trabalhando em seu mestrado em arquitetura paisagística. Enquanto seus colegas estudavam botânica, Craig passava a maior parte do tempo digitalizando fluxos superficiais e manipulando seus parâmetros para estudar os resultados. Um curso inicial em estúdio o introduziu à técnica de tornar esses estudos reais por meio da fabricação digital - usando software para esculpir os fluxos em materiais que poderiam então ser usados como elementos arquitetônicos decorativos. Ele ficou fascinado.


Após a graduação na Ilha Whidbey, Craig fundou a Patternine, uma empresa que visa extrapolar os limites comerciais de sua metodologia de design. Depois de sete anos na água, ele se tornou extremamente consciente dos movimentos das marés e do clima ao caminhar pela praia, calculando mentalmente e desenhando no papel para descobrir a estrutura paramétrica de suas observações.



Painel paramétrico
“Eu vejo [Patternine] como arte – monolítica, contínua – que pode ser expandida, ampliada ou reduzida com base na aplicação”, diz Michael.
Um tronco de árvore
Craig reescreve a linguagem visual de suas observações como parâmetros e variáveis ​​ajustáveis ​​dentro de seus sistemas digitais e dando à arte da natureza uma nova forma física.
Homem segurando caderno de anotações com vários desenhos.
“Há muitas coisas nesses cadernos; nem todos foram projetados, mas são exemplos de como eu estruturaria os experimentos digitais que pretendo realizar”, diz Craig.


"Começo a esboçar o contorno digital de como esses parâmetros interagiriam entre si e o que eu esperaria que a saída produzisse", diz ele, falando em uma linguagem híbrida de matemática e design. "Criar com parâmetros de design ou parâmetros de curva ou superfície, qualquer ajuste cria diversidade estética na construção dessa lógica. Ajustar esses parâmetros gera resultados diferentes, às vezes surpreendentes."

Para começar a produzir seu trabalho, Craig montou uma oficina e adquiriu uma máquina CNC para esculpir seus padrões calculados em superfícies sólidas. O material é perfeito para os designs de Craig pois é facilmente esculpido com maquinaria padrão e é instalado sem costuras visíveis.


Foto de painel paramétrico com escada ao lado


Enquanto isso, na fabricante de superfícies sólidas Durasein, Michael Bustin e Brandon Guthrie estavam desenvolvendo um espaço próprio. O hub criativo D.Lab apresenta as possibilidades das superfícies sólidas da Durasein para inspirar arquitetos, designers e fabricantes. O objetivo é estabelecer um espaço para mostrar trabalhos interessantes e estimular a colaboração entre seu público.


Michael, diretor de crescimento global da Durasein, começou a procurar na internet trabalhos para apresentar no D.Lab quando viu o trabalho de Craig nas redes sociais. Michael ficou hipnotizado e imediatamente viu na Patternine uma parceria perfeita.


A colaboração entre D.Lab e Patternine começou com uma apresentação no site do D.Lab e se transformou em uma parceria exclusiva. Michael e a equipe da Durasein trabalham em estreita colaboração com Craig para identificar oportunidades em todo o mundo para as instalações de parede paramétricas de Craig feitas com as superfícies sólidas da Durasein.



Foto de areia da praia com conchas
Foto de painelparamétrico com iluminação


Embora os padrões possam ir para qualquer lugar, eles começam com a inspiração de Craig a partir da areia, das rochas, das tempestades e dos padrões de maré nas praias da Ilha Whidbey.


"Meu pequeno espaço de trabalho nesta casa tem vista para as águas em constante mudança do Mar Salish. Eu olho por cima do monitor e posso ver algo novo porque a água nunca é a mesma", diz ele.

Ao construir um experimento, Craig considera como o design se traduzirá no processo de fabricação digital, pensando no tipo de máquina em que será cortado e no método de usinagem, o que afeta a eficiência da fabricação. Ele considera a forma da ferramenta de corte, a profundidade do corte e as sombras resultantes, além da possibilidade de iluminação de fundo. Em seguida, ele pode visualizar e testar o resultado físico cortado nas superfícies sólidas da Durasein com 12 milímetros de espessura.



Painel parametrizado com iluminação em recepção.


Depois de algumas tentativas e erros, os padrões encontram seu caminho para o catálogo de Craig, prontos para serem selecionados e adaptados para instalações específicas. Quando Craig entra em contato com alguém interessado em seus padrões, ele trabalha para ajustar os parâmetros do design escolhido para atender à aplicação - talvez seja necessário aumentar ou diminuir, expandir, iluminar ou de outra forma alterar para se adequar ao local da instalação.


Cada ajuste o afasta um pouco do padrão original, mas as linhas ainda contêm pistas refratadas do movimento oscilante das ondas. Craig envia os arquivos de corte ao parceiro de fabricação mais próximo do destino final do design, e as máquinas CNC começam a esculpir.


O sistema de produção teve seu primeiro teste real com uma instalação nos escritórios de uma empresa de arquitetura em Xangai. A empresa possui um corredor central, perfeito para os recursos cativantes que a Patternine e a Durasein oferecem. Com a ajuda da equipe da Durasein na China e dos parceiros de fabricação locais, um design inspirado em conchas de mexilhões encontradas em Penn Cove na Ilha Whidbey foi perfeitamente instalado.



Painel paramétrico


Conforme a aplicação de superfície plana do Patternine e de Durasein ganha popularidade e o sistema de produção é cada vez mais aprimorado, Craig e a equipe da Durasein estão ansiosos pelo que Craig chama de fase dois - indo além das expectativas padrão de painéis de parede e aplicações planas para criar peças e produtos de mobiliário. "Qualquer um poderia tecnicamente fazê-lo, desde que você possa criar um design paramétrico", diz Brandon, diretor de marketing da Durasein USA. "Mas acredito que a complexidade que Craig traz para o jogo, do ponto de vista científico, combinada com a arte de nosso público criativo, torna as possibilidades bastante ilimitadas em nossas capacidades como fabricante."


Uma das principais capacidades dos produtos da Durasein é que eles podem ser moldados, como o concreto. Imagine uma grande banheira independente, mas em vez de ter lados lisos, ela está coberta com os redemoinhos de maré do Patternine e linhas onduladas como areia de praia. A equipe enxerga elementos de paisagem com padrões, como vasos e áreas para festas, além de mobiliário para hospitalidade, painéis de chuveiro e, até mesmo, pias de banheiro.





Craig atribui grande parte do progresso e do futuro da Patternine à agilidade da Durasein e ao otimismo de Michael. "Ele é um líder enérgico e estamos em total sintonia em termos de design e estética."


O respeito mútuo é grande em ambas as direções. "Quando Craig fala sobre o lado tecnológico das coisas, é como outro mundo, e ele entende tudo", diz Michael. "Nós sabíamos que se houvesse alguma oportunidade para nós usarmos nosso material para fazer algo radical, alguns de nossos colegas e alguns fabricantes incríveis, poderíamos sentar à mesa e impressionar os principais designers e criativos do mundo porque entendemos tudo - o material, a construção, o design, a engenharia, a parametrização e assim por diante."









20 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page