Como Durasein pode ajudar a prevenir vírus como o Coronavírus?



A preocupação com a COVID-19 trouxe um questionamento à tona: qual é o tempo de duração do coronavírus em superfícies tais quais bancadas de cozinha ou espaços de saúde?

Confira neste post como a superfície sólida acrílica pode ser uma aliada na construção de ambientes higiênicos.

* Material produzido em parceria com Durasein Uruguay


A pandemia de Coronavírus (COVID-19) se estende rapidamente por todo o mundo e surge a necessidade de aumentar as precauções e os cuidados com a higiene. Lavar as mãos frequentemente ganha destaque como uma das medidas mais recomendadas para evitar o coronavírus, assim como não tocar a face e evitar aglomerações.

Na projeção dos ambientes sensíveis à higiene - como bancadas para banheiros e cozinha, mesas ou mobiliários de trabalho -, o material de base utilizado faz toda a diferença.


Quanto tempo o Coronavírus sobrevive em superfícies de diferentes materiais?


O artigo "Persistência do coronavírus em superfícies inanimadas e sua inativação com agentes biocidas", publicado recentemente pelo Journal of Hospital Infection revela alguns resultados sobre a duração de diferentes vírus fora do corpo humano. O artigo realiza uma revisão de 22 estudos preexistentes do comportamento de coronavírus similares, como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS) e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS), e indica que o tempo de vida em superfícies de metal, vidro ou plástico pode chegar a 9 dias.

O tempo de vida efetivo depende de uma boa medida das condições ambientais como temperatura e umidade. O estudo não inclui especificamente uma análise do coronavírus COVID-19. A boa notícia é que a ação em superfícies desse tipo de vírus se reduz quando é realizada uma limpeza com soluções de hipoclorito de sódio ou álcool etílico, com ao menos um minuto de exposição.

Embora o estudo não aborde os materiais de construção modernos, como as superfícies sólidas acrílicas, esta possui vantagens em questões de saúde e higiene em relação aos materiais baseados elementos naturais, como mármore, granito e madeira.

Vamos ver alguns fatores que fazem com que Durasein seja um material com desempenho superior em relação aos cuidados com a higiene.


Certificações em higiene


Durasein é um material que passou por diferentes testes que demonstram suas propriedades em situações distintas. Abaixo, resumimos alguns dos testes que aprovaram Durasein, referente a questões relacionadas à higiene e saúde:


Resistência ao crescimentos de fungos: ASTM 621

Teste: ASTM 621

Resultado: não suporta o crescimento de microbios

A prova ASTM G21 é um método standard para determinar a resistência de materiais polímeros sintéticos a fungos.


Resistência ao crescimento de bactérias: ASTM G22

Teste: ASTM G22

Resultado: Não suporta o crescimento de bactérias

Similar ao anterior, o ASTM G22 é um método standard para determinar a resistência de materiais polímeros sintéticos a bactérias.


Uso em contato com alimentos: NSF 51

Teste: NSF 51

Resultado: certificado

Esta certificação é standard para materiais e componentes utilizados em equipamento utilizado em contato com alimentos e bebidas.


Não é um material poroso


Os materiais naturais como madeira, mármore e granito não são os mais adequados porque são porosos. Os poros tornam a limpeza da superfície difícil, além de permitirem o alojamento de vírus como o coronavírus, bactérias e fungos.

Durasein é um material maciço, não poroso, que não permite a penetração de líquidos e nem de micro-organismos em seu interior, facilitando a limpeza e a manutenção.


Superfícies contínuas e com uniões imperceptíveis


Uma das características preferidas de Durasein é que as uniões são imperceptíveis. Isso quer dizer que a bancada ou o mobiliário ficam sempre como se fossem uma peça única, sem união detectáveis à vista ou ao tato. Isso permite a construção de todo o tipo de mobiliário com a certeza de que não haverá emendas onde possam se acumular micro-organismos. Essa propriedade permite que não haja sulcos da união de duas peças, evitando gerar uma zona de risco sanitário.

Outro detalhe construtivo importante é que o pedestal sanitário pode ser desenvolvido, evitando arestas e cantos difíceis de limpar. Em materiais naturais, é raro ou impossível encontrar o pedestal sanitário, devido às dificuldades que o material impõe em sua realização.

Destaca-se também que é um material termomoldável. Isso implica que, através de um processo de aquecimento, o material pode ser modelado conforme desejado. Favorecendo assim o uso de desenhos com curvaturas, superfícies e formas orgânicas que facilitam a limpeza e a higiene.


Higiene sem abrir mão do design


Arquitetura e design são importantes para gerar sensações. Com o Durasein, é possível ter o melhor da higiene, sem descuidar de outros aspectos do projeto. Ao toque, é um material quente e macio que gera sensações agradáveis. Da mesma forma, as variantes do brilho que ocorrem quando a peça é finalizada podem ser escolhidas como parte do design, podendo optar por alto brilho, intermediário ou fosco.

Outro uso que é dado a Durasein está no revestimento, permitindo gerar áreas com alto nível de higiene, que também cobrem parcial ou totalmente as paredes. Além disso, por ser um material translúcido, é possível combinar efeitos de luz ao fazer revestimentos, gerando luz diretamente da parede, como já apresentamos em outros projetos translúcidos.


Um material ideal para a Arquitetura Hospitalar


Durasein é um material que nos permite fornecer soluções sólidas em sua aplicação na área de Arquitetura Hospitalar, combinando design, higiene e soluções funcionais. O Brasil é um dos países mais avançados da América Latina em termos de regulamentação dos espaços de saúde. Tanto o Ministério da Saúde como a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) geram as diretrizes e os padrões técnicos para projetar espaços físicos nas unidades de saúde. Como vimos no projeto São Paulo Health Clinic, Durasein é capaz de atender aos requisitos de regulamentos específicos de arquitetura hospitalar.


Móveis para a área da saúde e salas limpas


No design de móveis específicos para as áreas da saúde, é possível desenvolver soluções com designs médios que levem em consideração necessidades específicas. Também é possível usar Durasein em revestimentos de salas limpas - são salas especialmente equipadas para manter baixos os níveis de contaminação.

A sala de amamentação do World Trade Center Montevidéu é um projeto no qual foi possível combinar design cuidadoso, funcionalidade e um material que facilita a higiene. A sala está enquadrada no regulamento da Lei 19.530, que exige que algumas organizações incluam uma sala de lactação em sua estrutura.

Saiba mais sobre este projeto na nota: Nova sala de lactação no World Trade Center Montevidéu.


Máxima higiene em casa ou no trabalho


Seja em projetos para o lar ou em setores de alta sensibilidade à higiene, como saúde, gastronomia, produtos farmacêuticos, educação, entre outros, o Durasein é uma solução para o design de móveis, bancadas e pias que atende a condições imbatíveis para outros materiais.

Para continuar sabendo mais sobre as vantagens da superfície sólida, acompanhe as publicações aqui do nosso blog, siga nossas redes sociais ou entre em contato.





3 visualizações0 comentário